O martírio e milagres de São Jorge da Capadócia




"Quando ele ia às guerras, era um terror àqueles que o viam e àqueles que ficavam diante dele. E ele encarava as batalhas montado em seu cavalo, com a espada na mão, dizendo: 'Eu sou Jorge de Meliteno e venho até vocês com grande fúria'. E bastava dizer isso para que as armas dos inimigos lhes caíssem das mãos"

Pouco apelão, hã?

Essa é a tradução dos manuscritos coptas. Adoro a arte copta cristã. É extremamente graciosa!

Aprendi incontáveis descrições de métodos de tortura nesse livro, bom de usar em histórias. É possível retirar o cérebro pelo nariz, mas isso já tínhamos aprendido com os egípcios. Não vou escrever aqui todos os métodos porque passa um pouco do ponto. 

Ler biografias de santos é mais que divertido. É instrutivo. Estou sinceramente tentando diminuir minhas leituras de livros de cristianismo, mas depois que se adentra nesse universo fantástico, é um vício difícil de deixar. Muito mais do que parece.


Comentários