Top 10 Meus Livros




Aqui irei incluir os livros escritos por mim que, na minha opinião, são os meus melhores. Ressalto que incluo aqui meus favoritos e não os favoritos daqueles que me leem, ou a lista seria diferente (com Salve o Senhor no Caos no Top 1, por exemplo, que foi o meu mais lido. Ou talvez Velevi). 

Não irei incluir nessa lista livros que escrevi sobre algum assunto (como Magia do Caos) mas apenas meus livros de literatura, com histórias, romances, fantasia, etc. Já fiz uma lista parecida no meu outro blog, em 2014. Ela mudou apenas ligeiramente.

1- Fábula dos Gênios (2012)

Meu melhor livro até hoje. Muitos personagens bons e cenas memoráveis. Eu inclusive tinha feito um blog exclusivamente para ele. Ilustrei esse livro com quase cem desenhos. Antes mesmo de eu adquirir a versão colorida desse livro, quatro pessoas a compraram (por quase 200 reais!!). É um livro enorme, mas creio que só dá para entender porque ele é digno de ser apreciado após chegar ao final. Eu gosto principalmente dos últimos capítulos e da forma que tudo se conclui. Nem mesmo eu esperava essa reviravolta. Esse livro respira Magia do Caos. Eu inclusive escrevi outro livro (MAL: Magos Acima da Lei) em homenagem a esse.




2- Velevi (2008)

Livro com oito volumes. A maior parte das pessoas só leu os quatro primeiros, pois os quatro últimos só repassei para pouca gente. Eu o escrevi quando decidi deixar o budismo e sua intensidade mostra esse sentimento de transição da religião para uma busca na filosofia.




3- Palácio dos Alfinetes (2005)

Escrevi aos meus 18 anos, fortemente influenciada pelo budismo. Segundo os relatos, é o livro meu que mais provoca lágrimas.




4- Mártires Vermelhos (2016)

Eu o escrevi numa época particularmente forte e importante da minha vida, que foi o final do ano passado. Eu provavelmente nunca terei um período tão intenso de estudos e práticas do cristianismo como tive nessa época, e conto toda essa carga de emoções nessa história de fantasia. Eu realmente derramo tudo que eu estava sentindo e creio ter sido por isso que soou tão poderoso.




5- Sociedade do Sacrifício (2015)

Um dos meus livros "mais desconhecidos dentre os bons". São dois volumes. Também foi escrito num período importante da minha vida e é cheio desse sentimento. Enquanto eu aguardava para fazer um retiro, eu o escrevi imaginando como poderia ser.




6- Salve o Senhor no Caos (2014)

OK, para deixar meus leitores felizes eu o colocarei na posição 6 (antes estava na posição 8, portanto eu o promovi). São dois volumes. O segundo é menos conhecido e tem forte influência do cristianismo. Eu o fiz com o intuito de esclarecer mais algumas questões sobre servidores, na forma de história.




7- A Era do Folhetim (2016)

Livro baseado no meu livro favorito (O Jogo das Contas de Vidro). 




8- A Guerra dos Esquecidos (2011)

Foi um livro que fez certo sucesso na época que o publiquei no meu outro blog.




9- A Gata Mascarada (2011)

Uma das histórias com a qual tive mais familiaridade com os personagens (tem dois volumes). Isso porque na época que eu escrevi eu usava fotos e depois até acabei conhecendo pessoalmente a menina que eu usava como modelo da personagem principal. A vida é algo misterioso.




10- LHP Excelsis (2011)

Outra história que meus leitores antigos conhecem. Tem que estar na lista, nem que seja por nostalgia. Tem dois volumes.


Montar essa lista foi um momento nostálgico. Eu me dei conta de como minha escrita melhorou após tantos anos. E percebo que o que mais importa é minha empolgação com a história e passar meus sentimentos conforme escrevo. Mesmo histórias antigas minhas, com vários defeitos de escrita (muitas enrolações, descrições, etc) ainda figuram nas minhas melhores e favoritas.

E já tenho ideias para escrever mais esse ano. Talvez nas minhas próximas férias. 




Comentários