The Brandy of the Damned, por John Higgs




"Se você põe significado numa coisa que fez, então você tem arte. Se você põe significado numa pessoa, então você tem amor. Se você põe significado no universo, então você tem Deus"

Esse é o quarto livro do John Higgs que leio e já encomendei a obra dele sobre o Tim Leary. Então só vai faltar eu ler três. Os outros dois que faltam são bem curtos e pretendo comprar a versão do Kindle, mas o livro que ele lançou esse ano irei esperar mais um pouco para ter a versão impressa.

Há alguns eventos do Brandy que continuam no "The First Church on the Moon", como o personagem Orlando Monk e os trechos da Bíblia agnóstica do Dawkins.

E sobre o que trata a obra? São dois homens e uma mulher por volta dos quarenta anos viajando numa van para lugar nenhum. Eles eram os membros de uma banda chamada "Slow Araf".

O livro é divertido porque todo ele são os personagens falando nada sobre droga nenhuma. Achei os diálogos geniais.

Colei vários trechos do livro no meu Twitter, a quem interessar possa.


Comentários